9 9206 3672
MENSAGEM DO DIA
28.07.2017
A lição dos pássaros
Você já observou a atitude dos pássaros perante as adversidades?

Eles gastam dias e mais dias a fazer o ninho, a recolher materiais, às vezes trazidos de locais distantes.

E quando já está tudo pronto e estão preparados para pôr os ovos, as inclemências do tempo ou a ação do ser humano ou de algum animal destrói o que com tanto esforço se conseguiu.

O que faz o pássaro? Pára, abandona a tarefa?

De maneira nenhuma. Começa, outra vez, até que no ninho apareçam os primeiros ovos.

Muitas vezes, antes que nasçam os filhotes, um animal, uma criança, o mau tempo, volta a destruir o ninho, mas agora com o seu precioso conteúdo.

O que faz o pássaro? Definitivamente abandona a tarefa?

Dói recomeçar do zero, mas, ainda assim, o pássaro não desiste, nem retrocede, avança cantando e construindo, construindo e cantando.

Você já notou que na tua vida, no teu trabalho, e na tua família aparecem obstáculos que parecem impossíveis de serem vencidos?

Por vezes por mais de uma vez, por vezes os obstáculos são diários e a vontade de desistir começa a falar mais alto, começa a gritar!

Mas aí eu te pergunto: você vai desistir?

Eu sei que dá vontade de dizer “basta, não vale a pena o esforço, isto é demasiado para mim!”

Sei que está cansado de recomeçar, do desgaste da luta diária, da confiança traída, das metas não alcançadas quando estavas a ponto de conseguir.

Mesmo que a vida te golpeie mais uma vez, não te entregue nunca, faça uma oração a Deus, coloca a tua esperança na frente e avança.

Lembra-te das dificuldades e das derrotas dos pássaros dessa história. Coloca como inspiração na tua vida o exemplo deles de jamais desistir não importando o tamanho das dificuldades e do recomeço.

Não te preocupes se na batalha vais ser ferido, mas espera que algo assim aconteça. Junta os pedaços da tua esperança, arma-a de novo e volta a ir em frente.

Não importa o que tu vais passar. Não desanime, segue adiante.

A vida é um desafio constante, mas vale a pena aceitá-lo. E sobretudo, nunca deixe de cantar.

Para fazer funcionar esta coisa chamada vida, é preciso aprender a depender e apoiar. Expor-se e reagir. Dar e receber. Confessar e perdoar. Ser acessível e abraçar. Soltar e confiar.

Não importa como sopre o vento. É a posição da vela e não a força do temporal que determina para onde vamos.

Não obstante quão severamente os ventos da adversidade possam soprar, ajustemos as nossas velas e sigamos rumo à felicidade.

A felicidade é uma questão de atitude que brota da confiança em Deus, de que Ele está a trabalhar, tem o pleno controle, participa de tudo o que aconteceu, está a acontecer e vai acontecer.
MAIS MENSAGENS
Alma Gaúcha
Apresentação: Antônio Mello
Domingo, das 9h30min às 13h, e entre segunda e sexta-feira das 6h às 7h.