9 9223-8585
NOTÍCIAS
13.01.2021 - 21h50
Governo Municipal e grupo de pais buscam alternativas para ampliar atendimento nas Emeis
A rede municipal de Educação Infantil abriga cerca de 300 professores e 1.600 crianças distribuídas por 12 educandários
Respeitando decreto estadual que permite o atendimento presencial de apenas 50% dos alunos na rede municipal de Educação Infantil (Emeis), a Administração de Venâncio Aires anunciou início do ano letivo para o próximo dia 18 de janeiro. Com protocolos de ensino híbrido, que divide as crianças em dois grupos, sendo uma semana na escola e outra em casa, a situação gerou mobilização de pais que aguardavam há dez meses para o retorno dos filhos à escola. Uma reunião entre as partes aconteceu no final da tarde desta terça-feira, 12, na Prefeitura, para esclarecer o encaminhamento do Município e ouvir as demandas das famílias. A alternativa anunciada é reunir semanalmente o grupo para debater a situação em cada educandário. A Secretaria Municipal de Educação fará o contato com os pais para antecipar a demanda e a possibilidade de acolhida de novas crianças.

O secretário Emerson Henrique salientou o esforço da equipe para retorno das Emeis, respeitando todos os protocolos de segurança e as determinações legais do Governo do Estado. “Não é uma escolha nossa. A determinação de 50% de ocupação presencial é uma exigência legal que precisamos cumprir, caso contrário o prefeito poderá responder judicialmente. Nosso compromisso era retornar o mais breve possível e isso estamos fazendo”, destacou o secretário.

Após ouvir os pais, que reclamam da falta de alternativas para deixar seus filhos em segurança e da ocupação nas escolas particulares de educação infantil, o prefeito Jarbas da Rosa comprometeu-se em avaliar constantemente a ocupação das Emeis. “Importante salientar que ninguém perderá a vaga por estar em outro educandário ou não comparecer. Vamos avaliar a possibilidade de ampliar a acolhida semanal dos alunos, porém sempre respeitando a ocupação de 50% dos espaços. O que precisamos, nesse momento, é o apoio dos pais também no combate a pandemia. Mantendo as medidas de proteção para que possamos, o mais breve possível, sair da bandeira vermelha”, concluiu.

Um novo encontro entre o grupo foi agendado para a próxima quinta-feira, 21, para avaliar os primeiros dias de retorno das Emeis. A rede municipal de Educação Infantil abriga cerca de 300 professores e 1.600 crianças distribuídas por 12 educandários.
Ritmos
Apresentação: Tavinho Botelho
5ªfeira, das 19h às 21h e 22h às 00h