9 9206 3672
NOTÍCIAS
24.04.2013 - 09h08
Audiência sobre tipuanas gera relatório de sugestões para a prefeitura
Debate reuniu dezenas de pessoas na Câmara de Vereadores

Foto: Fernanda Bergmann

Reunião levou grande público no Plenário Vicente Schuck

As várias opiniões apresentadas sobre a situação das tipuanas em Venâncio Aires irão compor um relatório a ser encaminhado ao Poder Executivo. O documento será organizado pela Comissão de Agricultura, Meio Ambiente, Obras e Serviços Públicos da Câmara de Vereadores, a partir de idéias sugeridas durante audiência pública realizada na noite desta terça-feira (23), no plenário Vicente Schuck.

As árvores, que formam um túnel verde ao longo da rua Osvaldo Aranha, viraram motivo de discordância na cidade nos últimos meses, através de artigos de opinião e redes sociais. Um grupo defende a remoção, enquanto outro quer preservar as árvores. O debate motivou o vereador José Cândido Faleiro Neto (PT) a propor a realização da audiência.

Durante o encontro de ontem, cerca de 10 pessoas da comunidade puderam expor suas opiniões sobre o assunto. Entre eles estava o engenheiro agrônomo, Clóvis Schwertner. Ele sugeriu criar uma comissão para discutir tecnicamente o assunto.

- Devemos deixar a emoção de lado e trabalhar com a razão. Esse é o ponto fundamental. Sugiro que se forme uma comissão com técnicos e políticos para tomar a decisão.

Clóvis se posicionou a favor da manutenção das tipuanas também sugeriu que o município consulte o engenheiro agrônomo Lair Angelo Baum Ferreira , uma das maiores autoridades gaúchas sobre arborização urbana.

O médico Flavio Seibt, uma das pessoas que vem defendendo a substituição das tipuanas, foi representado na audiência pelo advogado Giuliano Valduga, que falou sobre os prejuízos e danos em prédios públicos. Segundo ele, os problemas são ocasionados pelas raízes das tipuanas.

- Todos já entenderam que estas árvores, por possuírem porte superior a dez metros de altura e raízes largas e extensas, não deveriam ter sido plantadas. O patrimônio público e privado está sendo danificado. Já há danos na igreja católica, no Corpo de Bombeiros, nas redes de esgoto e de eletricidade e até no calçamento. Tudo terá que ser corrigido com dinheiro de impostos

O design gráfico Mauricio Lucas, que iniciou o movimento SOS Tipuanas nas redes sociais, afirmou que o objetivo de defender a manutenção das árvores passa pela defesa da qualidade de vida em Venâncio Aires.

- O problema não são apenas as tipuanas do Centro. Estão sendo cortadas por todo município e isso é preocupante. Sobre a rachadura da igreja, ela já existia muito antes de as árvores serem plantadas. Todos lembram disso. Precisamos de qualidade de vida e isso passa pela arborização do município.

A partir de todas as opiniões expostas, o proponente da audiência pública, vereador José Candido Faleiro Neto, sugeriu a confecção de um relatório. O documento vai ser encaminhado à imprensa e à Prefeitura, através da Secretaria do Meio Ambiente.

Terra Esportes
Apresentação: Daniel Heck
2ª feira, das 19h às 21h