9 9206 3672
NOTÍCIAS
06.08.2019 - 12h34
Santa Clara do Sul lança a Santa Flor com destaque para a agroecologia e a sustentabilidade
A solenidade nesta terça-feira começa às 19h, no Salão Paroquial
Por Rádio Terra FM
Fonte: Assessoria de Imprensa

Foto: Rafael Simonis/Divulgação

Rainha Eduarda Uebel (c) e as princesas Jenifer Ruschel (e) e Estéfani Bald Walter

O propósito de implementar uma cultura de produção e consumo de alimentos saudáveis no município mobiliza a comunidade de Santa Clara do Sul desde julho de 2017, quando o governo municipal decidiu investir num dos segmentes que mais cresce no mundo: a agroecologia.

Desde então vários resultados foram alcançados e o momento é de fortalecer e disseminar esse novo conceito. E uma das etapas ocorre nesta terça-feira, dia 6, com o lançamento da quarta edição da Santa Flor, oportunidade em que o município apresentará as novidades do evento deste ano. A solenidade começa às 19h, no Salão Paroquial.

“O lançamento será uma pequena mostra de quão bela e surpreendente será nossa feira”, enfatiza a presidente da feira, Patrícia Herrmann. A Santa Flor ocorrerá de 19 a 22 de setembro, no ginásio municipal. A corte do evento é formada pela rainha Eduarda Uebel e pelas princesas Estéfani Bald Walter e Jenifer Ruschel.

Patrícia adianta que a quarta edição contará com muitas novidades, entre elas o show nacional com a Família Lima, gastronomia orgânica, salão da sustentabilidade, pub com cervejas artesanais e orgânicas, além de entretenimento para toda família. “A feira também proporcionará muitas oportunidades de negócios, sobretudo no setor da agroecologia”, menciona.

Segundo o prefeito Paulo Kohlrausch, o objetivo principal da feira é tornar Santa Clara do Sul uma referência em sustentabilidade e produção de orgânicos. “A partir do evento queremos construir negócios de curto e médio prazo, aquecer a economia local, prospectar investidores, fomentar o turismo e, principalmente, evidenciar a diversidade de benefícios e possibilidades da agroecologia”, frisa.

Kohlrausch ressalta que o evento será um espaço singular de debate da cultura orgânica. “A ideia é que o município seja um centro de discussão e difusão do conceito da agroecologia, atraindo consumidores, produtores, expositores, investidores e especialistas na área”, menciona.

Mais do que uma tendência, o prefeito entende que a produção de orgânicos é uma realidade e um processo irreversível. “Acreditamos na alimentação saudável e na sustentabilidade. Tanto é assim que a merenda escolar em Santa Clara do Sul já é 60% orgânica. Também implantamos hortas nas escolas, criamos a nossa feira de agricultores agroecologistas e 15 produtores já estão certificados. Resultados importantes que nos motivam a trabalhar cada vez mais nesse setor”, observa.
Terra Bom Dia
Apresentação: Binho Nunes
2ª a 6ªfeira, 7h às 10h. Sábado, 6h às 7h